Take a fresh look at your lifestyle.

Clareamento dental: principais cuidados

25

Entre todos os tratamentos estéticos odontológicos, o clareamento dental é um dos procedimentos mais requisitados nos consultórios médicos de todo o país. E isso se dá, principalmente, devido às inúmeras vantagens obtidas por meio deste tipo de cuidado. 

Afinal, além de ser uma intervenção não invasiva e com baixos riscos à integridade dos dentes, o processo de branqueamento da coroa dentária é um tratamento bastante acessível e que produz resultados imediatos, deixando o sorriso mais bonito e harmônico.  

Feito com o auxílio de um gel à base de peróxido de hidrogênio ou peróxido de carbamida, o clareamento visa destruir as moléculas de pigmento que ficam acumuladas no esmalte dentário, devolvendo a tonalidade original de toda a arcada. 

No entanto, para que os resultados almejados sejam alcançados e o efeito dure por bastante tempo, é preciso que os próprios pacientes se atentem a alguns cuidados durante e após a finalização da intervenção.  

Cuidados necessários durante o tratamento 

Antes de compreender quais são os cuidados que devem ser tomados durante o procedimento de clareamento dental, é necessário entender o que faz com que os dentes fiquem com a aparência escurecida. 

Na realidade, existem diversos motivos pelos quais o sorriso pode adquirir essa estética amarelada, como é o caso das:  

  • Condições genéticas – que fazem a dentina ser mais escura;  
  • Processo de envelhecimento natural;  
  • Alimentação desbalanceada; 
  • Falta de higiene; 
  • Uso de alguns tipos de medicamentos. 

Além disso, a formação de estruturas bacterianas como o biofilme dental e o tártaro também são dois agentes que colaboram muito para o surgimento de pontos pigmentados nos dentes. 

Por isso, para garantir que o tratamento seja bem sucedido é preciso se atentar a cuidados, como: 

  1. Evite alimentos pigmentados ou ácidos 

Os corantes que compõem os alimentos e as bebidas – sejam eles naturais ou artificiais –, são um dos maiores causadores do escurecimento dos dentes. E isso se dá, pois essas tinturas danificam o esmalte dentário e causam a erosão dos tecidos.  

Deste modo, durante o clareamento dental profissional é crucial que os pacientes evitem o consumo de comidas ácidas, como as frutas cítricas e os temperos fortes, bem como, os alimentos hiperpigmentados, como: 

  • Café e chás escuros; 
  • Chocolates; 
  • Vinhos; 
  • Ketchup; 
  • Shoyu; 
  • Beterraba, cenoura, entre outros. 

É importante enfatizar que no período em que o gel está sendo aplicado, os dentes ficam mais sensíveis e suscetíveis à ação da pigmentação natural. Por isso, ainda que esta seja uma medida temporária, é muito importante que esse cuidado seja respeitado à risca.  

  1. Fique longe do cigarro  

A odonto estética é uma especialidade bastante recorrida pelos pacientes que tiveram o sorriso danificado em decorrência do tabagismo. 

Não é para menos, o cigarro possui mais de 4 mil toxinas prejudiciais para os pacientes e que tem efeitos diretos na saúde dos dentes.  

Entre esses elementos o alcatrão e a nicotina são dois dos principais responsáveis pelo aparecimento de manchas no esmalte, na língua, nos lábios e nas bochechas. 

Por esse motivo, os pacientes que vão fazer o clareamento são proibidos de fumar durante esse período.  

  1. Mantenha uma boa higiene bucal 

A qualidade da escovação de toda a cavidade oral e dos acessórios odontológicos – como o aparelho de dente móvel – é fundamental para o combate à ação microbiana, a formação do tártaro e ao escurecimento do sorriso.  

Assim, todas as pessoas devem realizar essa higienização três vezes ao dia, seguido do uso do fio dental e finalizando com o enxaguante bucal. 

Contudo, é imprescindível que os pacientes evitem os antissépticos bucais coloridos, pois esse corante também pode atrapalhar o tratamento. 

Atenções que devem ser tomadas após a finalização do clareamento 

A efetividade dos cuidados prévios é capaz de afetar até mesmo no clareamento dental quanto custa, fazendo com que os valores totais deste cuidado sejam menores. 

Isso porque, deste modo, os pacientes precisam fazer sessões reduzidas e manutenções menos frequentes. 

No entanto, para que os resultados obtidos sejam mais duradouros, a atenção com a saúde bucal posterior ao tratamento também precisa se manter aprimorada. 

Por isso, as pessoas devem investir em uma boa higienização oral, realizando a escovação 30 minutos após as alimentações. 

É também muito importante não negligenciar o uso do fio dental antes de dormir – pois, é neste momento que a boca fica mais suscetível à formação de placa bacteriana – e atentar-se no consumo excessivo dos alimentos pigmentados. 

Após a ingestão desses produtos é recomendado o consumo de bastante água e a limpeza dos dentes assim que possível. No caso das bebidas ácidas ou escuras, opte por evitar que esses drinques fiquem na boca por muito tempo e utilize canudos.   

Além disso, as visitas regulares com o dentista são fundamentais mesmo com a finalização do tratamento. Afinal, essas consultas vão servir para a realização da limpeza profissional e a aplicação do gel de flúor – que serve para fortalecer os dentes.  

Entretanto, também são importantes para sanar dúvidas sobre outros procedimentos, como o aparelho ortodôntico transparente preço, e para a análise e diagnóstico precoce de doenças e condições que podem comprometer a saúde e integridade dos dentes. 
Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe do blog Qualivida Online, site no qual é possível encontrar diversas informações e conteúdos sobre os cuidados com a saúde física e mental.

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que está satisfeito com ele. Aceito Consulte mais informação