Take a fresh look at your lifestyle.

Aparelho ortodôntico, conheça os cuidados necessários

495

O uso de aparelho ortodôntico é comum. No Brasil, por exemplo, estima-se que cerca de 35% da população precisa ou precisará desse tratamento ao longo da vida, demandando atenção maior à saúde bucal. A seguir, conheça os cuidados necessários durante o tratamento.

O que é aparelho ortodôntico e para que ele serve

Existem diferentes tratamentos odontológicos que podem ser recomendados por conta de problemas variados.

A saúde dos dentes funciona como o restante do organismo: se você não cuida bem dela, provavelmente terá problemas ao longo da vida, especialmente nos dentes. No entanto, no caso da cavidade oral, alguns problemas podem impactar em toda a saúde.

Além disso, existe a possibilidade da arcada dentária ser formada de forma deficitária – seja por conta de hábitos inadequados na infância ou mesmo fatores genéticos.

Ou seja, a estrutura pode apresentar problemas estruturais que prejudicam o dental, que é fundamental para o processo de mastigação, digestão e fala.

Por isso, é importante ter cuidados com a saúde bucal durante toda a vida a fim de evitar problemas. 

Apesar disso, em situações em que o cuidado não é o suficiente, pode ser necessária a intervenção para tratamento e correção.

Assim, a consulta odontológica se mostra fundamental, de modo que o profissional identifique o tratamento adequado para o problema, como o clareamento dental que ajuda pacientes a tratarem manchas que afetam a coloração dos dentes e a autoestima.

No caso do tratamento com aparelhos, a necessidade ocorre principalmente pela má formação da dentição e impactar a estética, fala, higienização e até respiração.

Nesse sentido, a principal função do aparelho é melhorar a estruturação dos dentes, principalmente em caso de dentes tortos, separados ou problemas na mordida.

Nesses casos, todo o processo mastigatório é prejudicado. Por exemplo, a mordida desalinhada resulta em uma  maior movimentação na mastigação e esforço dos músculos, acarretando em problemas na articulação.

Dessa maneira, o tratamento com aparelho ortodôntico é muito recomendado e pode auxiliar até na redução de dores de cabeça.

Tipos de aparelhos

É importante destacar também que existem diferentes tipos e modelos de aparelhos, tendo em sua estrutura materiais diferentes – visando atender diferentes perfis.

Do mesmo modo, cada um pode funcionar de uma maneira específica e se adequando a diferentes situações, necessidades e preferências.

O aparelho fixo, por exemplo, é o mais comum e tradicional e atua de forma integral durante o tratamento, mas pode não ser o modelo mais indicado para esportistas e pode, ainda, causar desconforto em relação à estética.

Por esse motivo, e de modo a atender outras necessidades em relação aos ajustes, existem diferentes opções de aparelhos, tais como:

  • Metálico;
  • Estético;
  • Autoligado;
  • Lingual;
  • Móvel tradicional.

Por fim, outro modelo de aparelho é o aparelho dental invisivel, seja fixo ou móvel, que é uma novidade do mercado odontológico e que vem sendo cada vez mais utilizado para procedimentos de recuperação e alinhamento dos dentes.

A tecnologia que envolve o modelo móvel é significativa, pois eles são fabricados a partir de moldes gerados em computadores e têm maior previsibilidade no tratamento, além de serem mais discretos e poderem ser retirados em momentos específicos. 

A principal diferença e vantagem do aparelho invisivel é que ele é transparente, quase imperceptível e tem troca dos alinhadores/manutenção também diferenciada.

No entanto, é um modelo que demanda mais atenção e comprometimento do paciente para que traga os resultados esperados, visto que a disciplina é fundamental para o pleno desenvolvimento do quadro.

Cuidados importantes

Assim como ocorre em outros tratamentos, seja ele cirúrgico como o implante dentário ou estético como a colocação da lente de contato dental, o uso do aparelho demanda cuidados diversos e que podem ser ainda mais específicos conforme o modelo usado.

  1. Escove os dentes com escova de qualidade

Durante o tratamento, é fundamental escovar os dentes com frequência e cautela, fazendo a limpeza regularmente.

Além disso, é importante escolher uma escova de qualidade, que proporcione uma escovação profunda, mas sem danificar os aparelhos e os dentes. No caso da estrutura móvel, separar uma escova exclusiva para a estrutura é o ideal.

  1. Utilize o fio dental

Utilizar fio dental é crucial para manter os dentes e a estrutura corretiva limpos, evitando inflamações e bactérias, bem como será a orientação ao buscar um consultório para saber quanto custa lente de contato dental.

Isso porque tais estruturas podem facilitar o acúmulo de resíduos alimentares que contribuem para a proliferação de bactérias que originam cáries e inflamações.

Assim, utilizar o fio ao menos em uma das escovações e, sempre que necessário, recorrer aos passadores para uma limpeza mais efetiva se mostra essencial para garantir a qualidade e sucesso dos tratamentos.

  1. Cuidados alimentares

A alimentação de qualidade é essencial para a saúde bucal e para quem utiliza aparelho, sendo que os cuidados precisam ser amplificados.

É fundamental, por exemplo, evitar alimentos que fiquem grudados ou muito duros, pois tornam difícil a remoção e podem ocasionar a quebra da estrutura.

  1. Faça consultas com seu dentista

Por fim, é fundamental visitar o dentista regularmente. Afinal, além da manutenção do aparelho, os processos de limpeza e avaliação da boca devem ser mantidos, evitando problemas bucais.

Assim, sanar dúvidas sobre procedimentos como quanto custa um clareamento dental após o ajuste também se mostram facilitados.
Conteúdo originalmente desenvolvido pela equipe da Networkflow, especializada em materiais para network, empreendedorismo e dicas para a saúde e qualidade de vida.

Usamos cookies para garantir que oferecemos a melhor experiência em nosso site. Se você continuar a usar este site, assumiremos que está satisfeito com ele. Aceito Consulte mais informação